História do Futebol de Campo: Quem Criou e Onde Surgiu _ :) _

By | 26/01/2018

Introdução: História do Futebol de Campo

De um jogo de bola milenar simples ao esporte mais popular do planeta. A história do futebol de campo passou não apenas pelos pés de diversas culturas ao longo do tempo, mas também pelas mãos. Muita bola rolou em jogos violentos até novas regras estabelecerem o que daria origem ao futebol que conhecemos hoje. O futebol virou lazer aos finais de semana e um espetáculo que promove a paixão da torcida em várias competições e eventos. Como tudo começou? É o que vamos contar para você em nosso artigo.

Origem do Futebol

Nem os historiadores sabem ao certo como tudo começou. As origens do futebol de campo remontam a vestígios de jogos de bola parecidos com o esporte em várias culturas antigas milenares, fazendo parte de rituais religiosos e outras tradições simbólicas.

Veja também ⇒ Os Fundamentos Técnicos do Futebol de Campo

Onde surgiu o Futebol

Mas sabe-se que, na China, um jogo de bola com os pés foi regulamentado e oficializado para o treinamento militar de seus soldados. Era o tsu-chu, que tinha como objetivo passar a bola sem deixá-la cair no chão até chegar a duas estacas fixas no campo. Essa prática já era encontrada na região por volta de 2.500 AC.

No Japão, um jogo ritualístico parecido foi denominado de kemari, sendo utilizado como passatempo pela realeza. Avançando no tempo, surgia na Grécia, em 776 AC, um grande jogo percursor do futebol: o Epyskiros.

Surgimento do Futebol no Ocidente

No Ocidente, o Epyskiros, que fazia parte da educação da juventude helênica, consistia no jogo com um a bola produzida com a bexiga de um animal, cheia de ar ou areia. Duas equipes de 15 atletas disputavam com o objetivo de levá-la a determinado ponto.

Em Roma, por volta de 150 AC, este jogo sofreu alterações e recebeu o nome de Harpastum, onde também era permitido que a “bola de bexiga” revestida em couro fosse carregada com as mãos, além do uso dos pés.

Esta prática, de caráter extremamente agressivo, era utilizada para treinamento militar dos soldados romanos. Há relatos de várias mortes durante as partidas, já que socos, pontapés e outros movimentos sangrentos eram permitidos – e muitas vezes incentivados.

Excelente Documentário sobre a História do Futebol: https://vimeo.com/47691184

Ancestral do Futebol era um Jogo Violento

Na Idade Média, a Grã-Bretanha já estava habituada com os jogos de bola disputados entre os povoados em eventos tradicionais brutais. Em outros países, como França, Escócia e Itália, a violência também manchava a reputação da prática, sendo malvista pela sociedade em geral.

Mesmo assim, o jogo continuou sendo praticado até chegar em 1500 em Florença, na Itália, com a versão chamada gioco del calcio ou Calcio Fiorentino. O calcio é considerado por muitos o ancestral do futebol de campo, do futebol americano e do rúgbi.

O jogo consistia em duas equipes, com 27 jogadores amadores cada, divididas entre atacantes e defensores. As táticas do jogo eram inspiradas no harpastum romano. Curiosamente, essa tradição italiana ainda é mantida hoje em um torneio anual realizado no país.

Inglaterra: o Berço do Futebol Moderno

Na Inglaterra, a violência e a confusão que o jogo proporcionava eram tamanhas que o rei Eduardo II chegou a decretar uma lei impedindo a prática, por volta do século XIV. Mas esta lei não foi suficiente para impedir que integrantes da nobreza criassem uma versão um pouco mais “light” do jogo (hurling over country), onde os habitantes de duas cidades tinham que levar a bola à praça adversária em um campo de igual distância.

Foi assim que surgiu, posteriormente, o hurling at goals, na tentativa de se aplicar regras mais civilizadas para o jogo ficar menos agressivo. Um ponto fundamental para o desenvolvimento do esporte como conhecemos hoje aconteceu em 1840, quando o football foi introduzido nas escolas públicas da Inglaterra.

Toques com a Mão foram Proibidos no Futebol

Cada instituição de educação tinha uma maneira diferente de enxergar o football, que ainda não possuía regras unificadas. Foi dessa forma que teria surgido, inclusive, outro esporte: o Rugby Football, ao se desrespeitar algumas regras daquele jogo de bola.

O rúgbi seguiu seu caminho separado do futebol, apesar de muitas pessoas na época não conseguirem diferenciá-los muito bem. Como alguns clubes quiseram uma separação mais clara, e as escolas alunos menos violentos, as regras foram alteradas para que o futebol fosse jogado, agora, apenas com os pés (com exceção do goleiro).

NOSSO CANAL E WHATSAPP

Canal Dicas Educação Física

WhatsApp Dicas Educação Física

Oportunidades em Educação Física

Apostila Educação Física Concursos
Cursos Online na Área de Educação Física

Quando surgiu o Futebol Moderno?

Surgimento do Futebol de Campo

Em 1855 surgiu o primeiro clube de football em um condado inglês localizado em Sheffield, criando suas próprias regras para o esporte. A Football Association (FA) surgia em 1863 e, em 1886, foi fundada a International Football Association Board (IFAB), em Londres.

A FA foi responsável por regulamentar as regras do jogo baseadas nas normas traçadas por Sheffield (1857) e pela Universidade de Cambridge (1862). Criou também, em 1871, a Copa da Inglaterra (FA Cup), o primeiro e mais antigo torneio de futebol que atualmente está em sua 137ª edição.

Estabeleceu-se o número de jogadores em 11, a rede no gol, o surgimento de árbitros (que “apitavam” com o grito), a introdução do pênalti e várias outras medidas que tinham o objetivo de tornar o jogo mais organizado.

Quem Criou o Futebol?

Apesar dos ingleses não terem sido os criadores do futebol propriamente dito, pode-se dizer que eles foram os responsáveis pela elaboração das regras do jogo que definiram o esporte como conhecemos hoje, no século XIX.

Profissionalização do Futebol de Campo

O futebol apresentou um progresso rápido. A modalidade foi inserida, de forma amadora, nos Jogos Olímpicos de 1920. Para regulamentar os praticantes de futebol em todo o mundo, foi fundada, em 1904, a FIFA (Federação Internacional de Futebol).

O início do processo de profissionalização do futebol fez surgir a Copa do Mundo (1930), idealizada por Jules Rimet. A entidade hoje supervisiona as associações de futebol de campo, futebol de areia, futsal e outras organizações relacionadas.

História do Futebol Brasileiro

O futebol de campo chegou com regras ao Brasil em 1894 graças a Charles Miller, brasileiro que estudava na Inglaterra e teve contato com o esporte por lá. Já no ano seguinte ocorria a primeira partida de futebol no país, realizada em São Paulo.

No Brasil, o futebol virou uma paixão nacional, sendo o desporto mais praticado no país. O futebol também foi inserido na grade curricular das escolas brasileiras e estabeleceu-se com planos de Educação Física.

Ao longo do tempo, muitos craques do futebol de campo como Maradona, Pelé, Andrea Pirlo e Zidane viraram ídolos e conquistaram uma carreira vitoriosa que inspira, até hoje, uma multidão de pessoas.

Existem algumas críticas relacionadas ao business no esporte e os altos salários pagos aos jogadores. Mas a verdade é que o futebol continua proporcionando um grande espetáculo para o torcedor vibrar, provocar, chorar e gritar de alegria pelo seu time do coração.

Conheça a Séria Copas do Mundo

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

DUARTE, Orlando. Futebol: história e regras. São Paulo: Markron Books, 1994.

FIFA. History of Football – The Origins. Disponível em: <http://www.fifa.com/about-fifa/who-we-are/the-game/index.html>. Acesso em: 22/01/2018

FOOTBALL HISTORY. Football history. Disponível em: <http://www.footballhistory.org/>. Acesso em: 22/01/2018

  • 157
    Shares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezenove + 9 =