Tudo sobre Basquete: História, Regras e Fundamentos

By | 22/09/2017

Introdução: Tudo sobre Basquete

Nesse post falaremos tudo sobre Basquete (ou quase tudo), a história do Basquete, as regras do Basquete e os fundamentos técnicos do Basquete. Apresentaremos tudo de forma de forma ilustrada e dividido em tópicos para facilitar o seu entendimento sobre o Basquetebol. Boa leitura! 😉


A História do Basquetebol


A origem do Basquete: quem criou o Basquetebol

Tudo sobre Basquete - História e origem do Basquete: James Naismith o criador do Basquetebol

O Basquete foi criado por James Naismith, filho de dois imigrantes escoceses no Canadá, que dava aulas de Educação Física na Associação Cristã de Moços em Springfield nos Estados Unidos.

Onde, quando e como surgiu o Basquetebol

O Basquetebol surgiu em Springfield no Estados Unidos em 1891, onde James Naismith ensinava Educação Física. O diretor de Educação Física, Dr. Luther Gulick, pediu para James Naismith para criar um novo jogo que os estudantes pudessem jogar em local fechado, durante o inverno, para manter os atletas em atividade, e que fosse seguro, ou seja, com pouco contato físico para evitar lesões.

A inspiração para a criação do Basquetebol

James  Naismith teve duas semanas para elaborar o novo esporte, ele se inspirou num jogo que ele tinha jogado quando criança, o “Duck on a Rock” (Pato em uma Rocha), onde uma pato erra colocado em cima de uma rocha ou árvore e os jogadores tinham que atirar pedras para tentar derrubá-lo.

A História da Bola e da Cesta de Basquetebol

História da Bola e da Cesta de Basquetebol

Tudo sobre Basquete: as primeiras cestas e bolas de Basquete

Em vez de usar uma pedra, James Naismith decidiu usar uma bola de Futebol. O objetivo do jogo seria acertar a bola de futebol em uma cesta de pêssego, que seria pregada na parede.

Tanto a escolha da bola de Futebol (em vez de pedras), como de colocar a cesta de pêssego no alto, tinham a preocupação de evitar lesões.

“Curiosidade da História e origem do Basquete

O cesto de pêssego usado nos primeiros jogos de Basquetebol não eram vazados, dessa forma, sempre que alguém acertava a bola na cesta, o jogo parava, alguém pegava uma escada e retirava a bola de dentro do cesto. Dois anos depois, em 1893, já se usava um aro de ferro e uma rede, mas a rede não era vazada e bola continuava a ficar presa na cesta toda vez que alguém acertava a cesta.”

O Drible era proibido na origem do Basquetebol

Na origem do Basquetebol não era permitido driblar (quicar a bola), a bola era apenas passada entre os jogadores, quem estava com a bola tinha que permanecer parado. Essa regra também tinha como objetivo evitar contatos, choques entre os jogadores e evitar as lesões.

O Surgimento do Basquete: o primeiro jogo

A primeira partida da História do Basquete marca o surgimento do Basquete, ocorreu em 21 de dezembro de 1891. Cada equipe atuou com 9 jogadores e a partida foi disputada em dois tempos de 15 minutos. O placar final foi 1 a 0, o único ponto da partida foi marcado por William R. Chase.

Infográfico: 13 Regras Originais do Basquetebol

Clique na imagem abaixo e veja um infográfico com as 13 regras originais do Basquetebol escrita por James Naismith em 1891.

As 13 regras originais do Basquetebol

Relato de James Naismith sobre a primeira partida de Basquetebol da História

“Quando o Sr. Stubbins trouxe as cestas de pêssego para o ginásio eu as peguei e as fixei a 3 metros do solo. Uma em cada lado da quadra. Eu coloquei as 13 regras no quadro de avisos, segurei uma bola de Futebol e aguardei a chegada da turma. Eles não ficaram muito animados, mais seguiram minhas orientações. Coloquei a bola em jogo e tentei manter as regras. A maioria das faltas foram por correr com a bola. Foi o início do primeiro jogo de Basquetebol.”

Veja aqui ⇒ Artigo sobre as Regras Originais do Basquetebol

Curiosidades Relacionados a História do Basquetebol

  • Outra diferença entre o primeiro jogo de Basquetebol e o jogo atual é que após uma cesta bem sucedida, a bola era levada de volta ao centro da quadra para o jogo ser reiniciado com bola ao alto.
  • James Naismith não acreditava que houvesse algo para treinar e que era melhor deixar os jogadores jogarem. Ele até tentou convencer um de seus ex-jogadores, o famoso treinador Forrest “Phog” Allen. Quando Allen disse a Naismith que ia treinar, Naismith lhe disse: “Você não pode treinar basquete; Você apenas joga.” Forrest Allen continuou a provar que Naismith estava errado, tornando-se um dos grandes treinadores da história do basquetebol.
  • O nome James Naismith esta no Hall da Fama do Basquetebol: O The Naismith Memorial Basketball Hall da Fama. Ele está localizado em Springfield, MA, EUA, a cidade onde o Basquetebol foi inventado.
  • James Naismith morreu em 1939 de uma hemorragia cerebral.

O Basquetebol nos Jogos Olímpicos

História do Basquetebol nas Olimpiadas

breve histórico do Basquete nas Olimpíadas

  • Em 1904 o Basquetebol participou do jogos Olímpicos como Esporte Demostração
  • Em 1936 o Basquetebol era oficialmente um esporte Olímpico nos Jogos de Berlim.
  • James Naismith foi levado a Berlin, lançou a bola no início do primeiro jogo olímpico de Basquetebol e participou da cerimônia de entrega de medalhas .
  • Naismith veio a falecer apenas três anos após ver o Basquetebol nos Jogos Olímpicos.

Regras Milionárias

O documento onde James Naismith escreveu as 13 regras originais do Basquetebol foi vendido em 2010 por 4,3 Milhões de dólares. Naismith jamis poderia imagem que 119 anos depois, aquele pedaço de papel onde ele escreveu valeria tanto dinheiro.história e origem do basquete: 13 Regras originais do Basquetebol


As Regras do Basquete


01 – Qual tamanho da QUADRA DE BASQUETEBOL?

De acordo com as Regras do Basquetebol uma quadra de Basquete tem 28 metros de comprimento por 15 metros de largura.

A quadra oficial de Basquetebol mede 28 metros de comprimento por 15 metros de Largura

02 – QUAL A ALTURA DA CESTA DE BASQUETEBOL?

  • A Cesta de Basquetebol (aro) fica a uma altura de 3,05 metros do solo
  • A tabela de Basquetebol fica a uma altura de 2,90 metros do solo
  • O diâmetro da cesta de Basquetebol (aro) é de 45 centímetros
Medidas e altura da cesta de Basquetebol

Tudo sobre Basquete: medidas da tabela e da cesta de Basquete

03 – QUANTOS JOGADORES TEM EM UM TIME DE BASQUETEBOL?

  • Um equipe de Basquetebol é formada por no máximo 12 jogadores, sendo 5 em quadra e até 7 reservas.

  • Um treinador, um treinador auxiliar e até 5 membros na comissão técnica

04 – QUAL A DURAÇÃO DE UMA PARTIDA DE BASQUETEBOL?

Uma partida de Basquetebol é dividida em 4 períodos de 10 minutos cada. Se ao final do último quarto período o jogo estiver empatado, haverá uma prorrogação de 5 minutos e quantas forem necessárias até que o jogo tenha um vencedor.

 05 – O MANEJO DA BOLA NO BASQUETEBOL

Durante o jogo de Basquetebol a bola pode ser tocada apenas com as mãos. Pode ser passada, rolada, lançada ou quicada.

Principais Regras do Basquetebol: regras de manejo de bola

Tudo sobre Basquete: o manejo de bola no Basquete

No jogo de Basquetebol não é permitido:

  • Correr com a bola

  • Chutar a bola

  • Bater na bola com o punho

  • Interceptar a bola intencionalmente com qualquer parte da perna

Tocar a bola com a perna de forma não intencional não é uma violação a regra.”

06 – QUANTOS PONTOS VALE UMA “CESTA” NO BASQUETEBOL

  • Cesta de um Lance Livre vale 01 ponto
  • Cesta convertida na região delimitada pela linha de 3 vale 02 pontos
  • Cesta convertida fora da região delimitada pela linha de 3 vale 03 pontos

07 – REPOSIÇÃO DE BOLA NO BASQUETEBOL

A reposição de bola no Basquetebol é feita fora das linhas limite da quadra e no local mais próximo onde ocorreu a infração. O árbitro deve, obrigatoriamente, entregar a bola para o jogador que irá fazer a reposição. O jogador terá 5 segundos para realizar a reposição.

08 – VIOLAÇÕES DAS REGRAS DO BASQUETEBOL

Toda vez que ocorre uma violação as regras do Basquetebol a bola deve ser concedida ao adversários para reposição de bola fora da quadra do local mais próximo de onde ocorreu a violação.

Violações as Regras do Basquete

Tudo sobre Basquetebol: violações as regras

Tipos de violações (infrações) as regras do Basquetebol:

  • Jogador ou bola fora de quadra (jogador ou bola são considerados fora de quadra ao entrarem em contato com solo, objeto ou pessoa fora da quadra)
  • Jogador realiza dois drible consecutivos
  • Jogador andar com a bola
  • Jogador permanecer mais de 3 segundos dentro da área restrita adversária (Garrafão) quando sua equipe tem a posse de bola
  • Jogador fica mais de 5 segundos segurando a bola
  • Permanecer com a posse de bola por mais de 8 segundos na quadra de defesa
  • Não realizar um arremesso a cesta adversária dentro do tempo limite de 24 segundos
  • Retornar a bola da quadra de ataque para a quadra de defesa

Regras do Basquetebol: 2 segundos, pé na bola.

“Um jogador na zona de defesa não pode interferir em um arremesso adversário que está em trajetória descendente, nem tocar o aro ou a cesta, caso isso ocorra, será convertido ponto para equipe adversária de acordo com a posição ou situação em que o arremesso foi realizado.”

09 – AS FALTAS NO BASQUETEBOL

Faltas são infrações as regras do Basquetebol referentes a um contato físico ou atitude antidesportiva.

Regras do Basquetebol: Faltas no Basquetebol

POSIÇÃO LEGAL DE DEFESA

Um jogador ocupa uma posição legal de defesa quando está de frente para o adversária, com os pés no solo e ocupando um espaço cilíndrico.

NOSSO CANAL E WHATSAPP

Canal Dicas Educação Física

WhatsApp Dicas Educação Física

Oportunidades em Educação Física

Apostila Educação Física Concursos
Cursos Online na Área de Educação Física

É considerado falta no Basquetebol:

  • Provoca contato com um adversário que está em posição legal de defesa (falta de ataque)
  • Bloquear ou obstruir um adversário estando fora da sua posição legal de defesa
  • realizar carga (empurrar) o adversário
  • Tocar o adversário com as mãos restringindo seus movimentos
  • Agarrar o adversário em qualquer parte do corpo

10 – TIPOS DE FALTA DO BASQUETEBOL

Falta no Basquetebol

História e Regras do Basquete: as Faltas

  • Falta pessoal: é um contato físico ilegal com o adversário
  • Falta dupla: é quando dois jogadores adversários cometem um falta pessoal ao mesmo tempo. A falta será anotada pela mesa e o jogo se reiniciará normalmente sem nenhum penalidade para as equipes.
  • Falta Técnica: é marcada a partir de um comportamento inadequado dos jogadores ou comissão técnica da equipe
    • O jogador que cometer duas faltas técnica será desqualificado do jogo
    • Se a falta técnica for cometida por um jogador ela contará como falta individual e coletiva da equipe
    • Se forma cometida por um membro do banco não contará como falta coletiva
    • Será concedido um lance livre mais reposição de bola para a equipe adversária
  • Falta Antidesportiva: é uma falta intencional que fere o espírito das regras do jogo
    • O jogador que cometer duas faltas antidesportiva será desqualificado do jogo
    • será concedido lances livres mais reposição de bola para equipe adversária.
      • Se a falta foi cometida em um jogador que não estava em ato de arremesso, a equipe terá direito a 2 lances livre.
      • Se a falta foi cometida em um jogador que estava no ato de arremesso, o arremesso será convertido e a equipe terá mais 1 lance livre.
  • Falta Desqualificante: é uma falta explicitamente antidesportiva.
    • O jogador será desqualificado
    • Se a falta foi cometida em um jogador que não estava em ato de arremesso, a equipe terá direito a 2 lances livre mais reposição de bola
    • Se a falta é sem contacto: 2 lances livres
    • Se a falta é cometida sobre um jogador no ato de lançamento: a cesta é convertida e, adicionalmente, 1 lance livre.
    • Se a falta é cometida sobre um jogador no ato de arremesso e a cesta não é convertida: 2 ou 3 lances livres de acordo com a posição do arremesso.

“De acordo com as Regras do Basquetebol se um jogador que cometer 5 faltas deve ser informado por um árbitro e deve abandonar o jogo de imediato. Deve ser substituído em até 30 segundos.”

Regras Básicas do Basquetebol: tipos de falta

 


Os Fundamentos Técnicos do Basquetebol


O Controle do Corpo no Basquetebol

Controle do Corpo ou Manejo do Corpo é muito importante para realizar os movimentos do Basquetebol. O Controle do Corpo é importante tanto nos movimentos de defesa, quanto nos movimentos de ataque e não deve ser desprezado nas aulas de iniciação ao Basquetebol.

Alguns movimentos de Controle do Corpo que devem ser treinados no Basquete são:

  • Giros
  • Fintas
  • Corridas com várias mudanças de direção
  • Correr de frente, correr de costas e correr lateralmente
  • Paradas Bruscas (interromper bruscamente o deslocamento após uma corrida, serve para dificultar a marcação da defesa adversária)

O Manejo de Bola no Basquetebol

Manejo de Bola é o Fundamento do Basquetebol que tem como objetivo desenvolver a habilidade de Controle de Bola em diversas situações.

Alguns movimento de Manejo de Bola que devem ser treinados no Basquetebol são:

  • Rolar a bola
  • Quicar a bola
  • Segurar a bola
  • trocar a bola de mãos
  • lançar a bola de um lado para o outro do corpo por cima da cabeça
  • lançar a bola de trás para frente do corpo por cima da cabeça
  • lançar ou passar a bola por entre as pernas
  • passar a bola envolta do corpo (na altura dos joelhos e na altura da cintura)

Para ver mais exemplos de Manejo de Bola no Basquete assista o vídeo do Prof. Santiago Reais do Canal Basquetebol Góias E. C. ⇒ Manejo de Bola – Treinamento de Basquetebol

O Drible no Basquetebol

Drible é um dos Fundamentos do Basquetebol mais utilizados durante uma partida, é o ato de quicar a bola com uma das mãos. O Drible é usado para que o jogador de Basquete possa se deslocar com a posse de bola.

Regras e Fundamentos do Basquete: o Drible

Tudo sobre Basquete: o Drible

Uma dica simples que sempre deve ser observada na execução do Drible é que o jogador que está Driblando sempre deve manter à frente a perna contrária da mão que está Driblando:

  • Drible com a mão direita, perna esquerda à frente.
  • Drible com a mão esquerda, perna direita à frente.

Quais são os tipos de drible do Basquetebol?

1 – Drible Alto ⇒ Também chamado de Drible de Velocidade, pois é utilizado quando o jogador de Basquete está sem marcação e pode se deslocar em velocidade. No Drible Alto a bola é impulsionada mais à frente do corpo.

2 – O Drible Baixo ⇒ Também chamado de Drible de Proteção, pois esse tipo de Drible é utilizado quando há uma marcação próxima do jogador que está com a bola, dessa forma ele precisa Driblar para protegendo a bola de seu marcador. Nesse tipo de Drible há uma maior flexão das pernas e a bola fica sempre protegida pelo corpo do jogador.

Dicas para execução do Drible

  • Drible sempre de cabeça erguida (olhando seu marcador e a movimentação dos outros jogadores)
  • Drible empurrando a bola para baixo (não bata na bola)
  • Durante o Drible não deixe a bola subir além da altura da sua cintura

Para que serve o Drible?

  • Para se desvencilhar de um marcador
  • Para ajustar a posição do corpo para realizar um arremesso ou passe
  • Para proteger a bola diante de um marcado
  • Para se deslocar em velocidade com a bola

Fundamentos do Basquetebol: Passe

Passe no Basquete é o ato de lançar a bola para uma jogador da mesma equipe. É um fundamento de ataque usado para deslocamento da equipe.

Basquete Regras e Fundamentos: Passe

Quais são os tipos de Passe do Basquetebol?

1 – O Passe de Peito ⇒ O Passe de Peito é o tipo de Passe mais comum no Basquete, é uma passe para curtas e médias distâncias, é uma passe rápido e a bola segue uma trajetória reta.

2 – O Passe Picado ou Quicado ⇒ O Passe Picado no Basquete é utilizado em curtas distancias, nesse tipo de passe a bola toca o solo antes de alcançar o companheiro.

3 – O Passe por cima da Cabeça ⇒ O Passe por cima da cabeça no Basquete é realizado em crutas distancias, lançando a bola por cima do marcador.

4 – O Passe de Ombro ⇒ O Passe de Ombro no Basquete é utilizado para alcançar longas distancias, muito utilizado em jogadas de contra-ataque, quando se quer realizar um passe longo para pegar a defesa adversária desarrumada.

“Ao contrário do Handebol, o passe de ombro no Basquetebol é realizado com as duas mãos.”

5 – O Passe de Gancho ⇒ O Passe de Ganho no Basquete é utilizado em grandes distancias, é uma tipo de passe com pouco precisão.

Fundamentos do Basquetebol: Arremesso

Arremesso no Basquete é uma ação de ataque que tem como objetivo realizar uma cesta (pontos).

Quais são os tipos de arremesso no Basquetebol?

1 – Arremesso com uma das mãos ⇒ É o tipo de arremesso mais comum no Basquete. É executado colocando a mão principal embaixo da bola e a outra mão do lado para dar apoio. A bola deve ser lançada para cesta usando somente a mão que está embaixo da bola. O Arremesso com uma das mãos também pode ser realizado com Salto.

Principais Regras e Fundamentos do Basquete: Tipos de Arremessos

Dicas de execução do Arremesso com uma das mãos:

  • Se você arremessa com a mão direita, sua perna direita deve ficar um pouco à frente, o mesmo serve para arremesso com a mão esquerda

  • Flexione um pouco as pernas no início do arremesso

  • Cotovelo da mão que vai arremessa deve ficar apontando para cesta

  • Olhe para cesta

  • Flexionar o punho no final do arremesso

  • Lance bola em uma trajetória parabólica

Arremesso de Bandeja no Basquetebol

Bandeja é uma dos Fundamentos do Basquetebol mais comuns, é um tipo de Arremesso realizado em deslocamento, próximo a cesta e com salto.

Basquete Regras e Fundamentos: Bandeja

Quais são Os Tipos de Bandeja no Basquetebol?

Bandeja com posse de bola ⇒ É quando Jogador vem Driblando, se aproxima da cesta, segura a bola, realiza dois passos e salta em direção a cesta, lançando a bola.

Bandeja sem a posse da bola ⇒ É quando o jogador recebe a bola já próximo a cesta e faz a Bandeja sem realizar o Drible.

O Fundamento Jump No Basquetebol

Jump é um tipo de Arremesso do Basquete realizado com Salto. O Jump pode ser realizado em deslocamento ou parado e a bola deve ser lançada no momento que o jogador atinge a maior altura no salto.

Regras e Fundamentos do Basquete: Jump

Fundamento Rebote no Basquetebol

Rebote no Basquete é o ato de pegar a bola após um Arremesso não convertido.

Basquete Regras e Fundamentos: Rebote

Basquete Regras e Fundamentos: Rebote

Quais são os tipos de Rebote no Basquetebol?

Rebote Defensivo ⇒ Também chamado de Rebote de Defesa é quando um jogador da equipe que está defendendo pega o Rebote após um Arremesso não convertido da equipe adversária.

Rebote Ofensivo ⇒ Também chamado de Rebote de Ataque é quando um jogador da equipe que está atacando pega o Rebote após um Arremesso não convertido da sua própria equipe.

  • 50
    Shares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

vinte + 12 =