Abordagem Crítico Superadora na Educação Física

By | 29/07/2017

Introdução: Abordagem Crítico Superadora

A Abordagem Crítico Superadora na Educação Física é uma concepção de Educação Física escolar que se opõe ao antigo modelo mecanicista baseado no desempenho físico, na seleção de talentos esportivos, no militarismo e no higienismo. É uma abordagem que se baseia no discurso da justiça social e nas ideias marxistas. Os educadores Dermeval Saviani e José Libaneo são grandes influenciadores dessa abordagem.

 

Conceitos da Abordagem Crítico Superadora na Educação Física

  • Cultura Corporal: a abordagem Crítico Superadora entende a Educação Física como uma disciplina que trata de um tipo de conhecimento chamado de Cultura Corporal, que tem como temas os jogos, os esportes, a ginástica, as lutas, as danças entre outros.
  • Expressão Corporal: na abordagem Crítico Superadora a Expressão Corporal é uma linguagem e objeto de estudos da Cultura Corporal.
  • Abordagem Diagnóstica: a abordagem Crítico Superadora é diagnóstica pois ela se propõe a ler os dados da realidade, interpretá-los e emitir um juízo de valor sobre eles, que depende da perspectiva de quem julga.
  • Abordagem Judicativa: a abordagem Crítico Superadora é judicativa pois julga os elementos da sociedade a partir dos interesses de uma determinada classe social.
  • Abordagem Teleológica: a abordagem Crítico Superadora é teleológica pois busca encaminhar uma direção, uma solução para os problemas sociais da classe social que a reflete.

 

Objetivo da Abordagem Crítico Superadora na Educação Física

O objetivo da abordagem Crítico Superadora na Educação Física escolar é permitir que os alunos assimilem de forma crítica sua Cultura Corpora, a partir de um resgate do histórico do tema, contextualizando e contestando sua realidade, relacionando-os com temas atuais, contestando também o senso comum, com o objetivo final de superar uma realidade que é desfavorável socialmente para aquele classe social.

Exemplificando, se na década de 1970 as aulas de Educação Física escolar no Brasil tinham como objetivo o desempenho esportivo, obviamente que havia a exclusão dos menos habilidosos. Na abordagem Crítico Superadora o tema Esporte da Cultura Corporal seria resgatado historicamente, contextualizado, contestado, relacionado a temas da atualidade (como a inclusão, por exemplo) e seria dado um encaminhamento para superar essa realidade, a partir dos interesses coletivos da classe social representada.

Veja também – Saúde Renovada na Educação Física

Metodologia da Abordagem Crítico Superadora na Educação Física

Os critérios para seleção dos conteúdos da Cultura Corporal na abordagem Crítico Superadora devem ser a relevância social do conteúdo (conteúdos da cultura corporal brasileira que tenham relevância social); a contemporaneidade do conteúdo (temas atuais) e as características sociocognitivas dos alunos (conteúdos que se adaptam ao nível de crescimento e desenvolvimento do aluno).

Conteúdos da Abordagem Crítico Superadora na Educação Física Escolar

Veja também >> Histórico da Educação Física no Brasil

Após a escolha dos conteúdos eles devem ser trabalhados nas aulas de Educação Física escolar a partir de um resgate histórico e da contextualização dos fatos da realidade, proporcionando aos alunos uma leitura crítica dessa realidade e, a partir daí, a possibilidade de superação, transformação da realidade.

O professor deve relacionar os conteúdos da Cultura Corporal como esportes, jogos, danças, lutas e outros, com importantes temas atuais da sociedade, como trabalho e renda, meio ambiente, mobilidade urbana, saúde pública, preconceitos raciais e sociais, deficiência física e inclusão, questões de gênero, corrupção e outros, fazendo um resgaste histórico, contextualizado e levando a uma visao crítica da realidade, levantando questões de poder, interesses e contestação.

A concepção Crítico Superadora na Educação Física escolar também deve ter um papel político-pedagógico, pois devem encaminhar propostas para reflexão, intervenção e superação da realidade social das pessoas.

Metodologia da Abordagem Crítico Superadora na Educação Física Escolar

O professor na Abordagem Crítico Superado

O professor dentro da abordagem Crítico Superadora na Educação Física escolar deve adotar uma postura de diálogo, mediando e problematizando os conteúdos da Cultura Corporal e suas relações com a sociedade. O professor deve confrontar o conhecimento do senso comum com o conhecimento científico. Também deve incentivar a curiosidade, a criticidade e a criatividade.

NOSSO CANAL E WHATSAPP

Canal Dicas Educação Física

WhatsApp Dicas Educação Física

Oportunidades em Educação Física

Apostila Educação Física Concursos
Cursos Online na Área de Educação Física

Avaliação: Abordagem Crítico Superado na Educação Física

A avaliação na abordagem Crítico Superadora prioriza o processo de ensino-aprendizagem, se contrapondo completamente ao modelo de avaliação baseada no desempenho físico e esportivo, nos testes físicos, na seleção de atletas, etc.

Alguns instrumentos que podem ser utilizado para avaliação dos alunos dentro da abordagem Crítico Superado são: prova de conteúdo não objetiva, trabalho em grupo, trabalho de pesquisa, dramatizações, organização de eventos, auto-avaliação entre outros.

Veja também ⇒ Os Melhores Cursos de Educação Física do Brasil

Plano de Aula: Abordagem Crítico Superadora na Educação Física

Esse mini plano de aula é para uma turma de 9º ano do Ensino Fundamental. É sempre bom lembrar que a escolha dos conteúdos também deve levar em conta as características sociocognitivas do aluno, ou seja, seu nível de crescimento e desenvolvimento.

Temas

Futsal e inclusão (tema da Cultura Corporal e temas da sociedade atuais)

Objetivos

Conhecer a história do Futsal (Futebol de Salão), conhecer as técnicas e regras do Futsal e do antigo Futebol de Salão, reconhecer que as mulheres também devem ter o mesmo espaço dos homens nesse esporte, participar de atividades mistas sem expressar preconceitos.

Plano de Aula da abordagem Crítico Superadora na Educação Física Escolar

Metodologia

Parte:

  • o professor deve reunir os alunos e fazer um breve resumo sobre a história do Futsal, seus regras atuais e antigas

  • a turma é dividida em equipes mistas para vivenciar o Futsal na prática, com regras atuais e regras antigas

2º Parte:

  • o professor deve reunir a turma novamente para discutir com eles como foi a prática com regras antigas e atuais, como foi jogar com equipes mistas, como resolver os problemas e conflitos ocorridos durante a aula de forma democrática e a partir dos interesses coletivos do grupo

3º Parte:

  • a partir das sugestões de intervenção dadas pelos alunos, a atividade é reiniciada com novo formato decidido pelos alunos

Parte final:

  • o professor deve reunir os alunos novamente para uma nova discussão coletiva sobre a aula, sobre as vivências ocorridas na aula, sobre as decisões coletivas tomadas pelos alunos, sobre a experiência de resolver conflitos a partir de decisões democráticas e coletivas, sobre a inclusão da mulher no esporte e todo preconceito que as mulheres sofrem e sofreram ao longo da história

Leia também ⇒ A Abordagem Desenvolvimentista na Educação Física

Considerações Finais

A Abordagem Crítico Superadora na Educação Física escolar sempre sofreu críticas com relação a falta de suporte prático. Há dificuldade de entender como relacionar os temas da Cultural Corporal com temas atuais sem sair da especificidade da Educação Física escolar, que é o movimento corporal. Porém, nós do Dicas Educação Física acreditamos que conhecendo os conceitos dessa abordagem e com criatividade, é possível elaborar aulas ricas em aprendizagem e conhecimentos para nossos alunos.

  • 136
    Shares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro − um =